Ciy Farney José Schmaltz Caetano, advogado do farmacêutico Iuri Vieira Aguiar, conselheiro fiscal do Instituto Prosperar – Cultura, Sociedade, Meio Ambiente e Desenvolvimento (Ipros),  apontado como chefe de um esquema para desvio de recursos de emendas parlamentares por este instituto, investigado pela Operação ONGs de Papel, renunciou à defesa dele alegando “motivos de foro…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários