O promotor de Justiça Edson Azambuja abriu nesta quarta-feira, 25, um inquérito civil para apurar a legalidade da contratação pelo governo estadual de empresas copiadoras Prime Solution, WR, Exata Copiadora e TINS Soluções Corporativas para a a prestação de serviços de informática (outsourcing de impressão – locação de equipamentos multifuncionais), a partir

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários