O procurador-geral de Justiça José Omar de Almeida Júnior confirmou à coluna que vai aderir ao Programa de Aposentadoria Incentivada (PAI) e deve deixar o serviço público.
 
Na terça-feira, 3, na condição de Presidente do Colégio de Procuradores de Justiça (CPJ), ele publicou a Resolução nº 010/2019/CPJ. O documento regulamenta o programa com prazo para…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários