A prefeita de Palmas Cinthia Ribeiro (PSDB) entrou na terça-feira, 7 de janeiro, com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no Tribunal de Justiça para derrubar trecho da lei aprovada pela Câmara de Vereadores que impõe o pagamento das Despesas de Exercícios Anteriores (DEA) por ordem cronológica.

A medida está embutida na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) após emenda do…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários