Um dos principais riscos fundiários à licitação da Prefeitura de Palmas para obras em diversas quadras com os R$ 135 milhões, emprestados da Corporação Andina de Fomento (CAF) para obras em diversas quadras, parece ter sido dirimido com uma canetada da prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB).

Com o decreto Nº 1.779, do dia 29 de agosto, a prefeita desafeta 15 áreas públicas municipais, com…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários