O cronograma de pagamento da dívida dos Plansaúde com os fornecedores, que se acumula desde maio desse ano levado à Justiça pelo secretário da Administração Edson Cabral  reconhece R$ 92.781.386,83 devidos aos prestadores do plano entre maio e setembro desse ano. Além desse valor, o secretário estima mais R$ 17.969.135,81 no pagamento de outubro e outros R$ 21 milhões em dezembro desse…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários