Ivan Vaqueiro e Delegado Rerisson, os dois deputados que assumiram em julho deste ano no arranjo com o governo do Estado para que os titulares virassem secretários estaduais, fecharam a prestação de contas da 1ª Cota de Despesas Parlamentares (CODAP), uma verba extra para despesas do gabinete. A prestação de contas no Portal da Transparência mostra que eles consumiram metade do valor reembolsado aos dois com pagamentos para agências de publicidade, banca de advogados e combustíveis.

TV 3 concentra

A agência de publicidade TV3 Assessoria Comunicação e Marketing Ltda, de Palmas, recebeu 50% (R$ 9 mil) do valor total pago a Ivan Vaqueiro, que consumiu R$ 18,1 mil no mês de férias do Legislativo. A empresa também recebeu 47 % (R$ 12 mil) dos R$ 25,7 mil reembolsados ao Delegado Rerisson.

Assembleia omite documentos

Como o Portal da Transparência da Assembleia, ao contrário da Câmara dos Deputados, não disponibiliza cópia das notas fiscais, nem detalha o tipo de serviço prestado não é possível saber o que restou contratado no período.

Banca de advogados

Outros 40% (R$ 10.400) do montante pago ao delegado ficaram com a banca de advogados Holanda & Oliveira Advocacia, que pertence a Maysa Silva Oliveira e Pedro Henrique Holanda Aguiar Filho.   O deputado Ivan Vaqueiro chegou a anotar numa primeira prestação de contas os mesmos R$ 10.400 para a mesma banca, mas uma prestação retificadora excluiu esse pagamento.

Combustíveis

O restante da despesa dos dois novatos se destinou ao pagamento de combustíveis. Vaqueiro usou 4.615,29 (25% do total) para a empresa Medeiros e Cia Ltda (Posto Serra Dourada) e outros R$ 4.506,59 (25%) para o Auto Posto de Combustíveis Serrano Ltda, ambos de Paraíso. O delegado gastou R$ 3.359,55 com combustíveis no Auto Posto Planalto Eireli, de Miracema, correspondente a 13% do total.