O delegado de polícia Evaldo de Oliveira Gomes recebeu pessoalmente do secretário da Segurança Pública Cristiano Sampaio, nesta segunda-feira, 4, o comunicado de que não será mais o diretor de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), cargo que ocupava desde julho deste ano.

A exoneração se deu no mesmo dia em que a DRACCO, por meio de sua Divisão Especializada de…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários