Protocolado na Assembleia Legislativa no dia 2, pelo procurador-geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, um projeto de lei do Ministério Público (MP) do Tocantins quer mudar a lei do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Servidores dos Quadros Auxiliares do órgão para incluir nos editais dos futuros concursos para ingresso no MP, a previsão de exame psicotécnico e de investigação…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários