A juíza federal substituta Ana Carolina de Sá Cavalcanti negou liberdade ao empresário João Paulo Silveira, preso desde o dia 2 de outubro, quando a Controladoria-Geral da União (CGU) e a Polícia Federal deflagraram a Operação Imhotep, que apura um esquema de fraude em licitação para aluguel de veículos com recursos federais, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários