A juíza federal substituta Ana Carolina de Sá Cavalcanti negou liberdade ao empresário João Paulo Silveira, preso desde o dia 2 de outubro, quando a Controladoria-Geral da União (CGU) e a Polícia Federal deflagraram a Operação Imhotep, que apura um esquema de fraude em licitação para aluguel de veículos com recursos federais, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários