Em tempos de fake news o caso da prisão preventiva do youtuber "Pastor Nelcivan Cabo da Polícia Militar" parece conter uma “fake laws” .

É que entre as seis páginas da decisão do juiz José Ribamar Mendes Júnior decretando a prisão há um trecho em que aparece uma postagem em uma conta com sinais de ser fake (falsamente atribuída ao youtuber) como base para a prisão do militar…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários