O ministro Reynaldo Soares da Fonseca, presidente da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou o pedido liminar do habeas corpus e manteve o ex-governador Marcelo Miranda (MDB) preso.

O ex-gestor está recolhido no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Palmas, desde a semana passada pela operação "12º Trabalho" da Polícia Federal, no âmbito da Operação Reis…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários