O empresário João Paulo Silveira, 37 anos, réu em ação criminal em Araguaína e alvo de ação de improbidade em Palmas, pela Operação ONGs de Papel - em que a Polícia Civil investiga desvios de dinheiro de emendas parlamentares com uso de empresas laranjas, incluindo as 12 em que ele é procurador -, tem ao menos duas empresas que recebem a maior parte dos recursos da cota extra mensal de…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários