O deputado estadual licenciado Eduardo Siqueira Campos (DEM) rebateu a mais nova denúncia do Ministério Público Federal (MPF) que acusa os empresários José Maria Batista de Araújo, Geraldo Magela Batista de Araújo e Levi Batista de Araújo, da Construtora Barra Grande, de praticar ocultação e dissimulação da origem criminosa de R$ 24.889.3805,65 destinados ao político, quando ele era…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários