Oito meses após o deputado Ricardo Ayres (PSB) ter apresentado, em 7 de fevereiro, a "PEC do Cabresto" da Procuradoria-Geral do Estado, como ficou conhecida a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para que a procuradoria estadual tenha como chefe um procurador-geral um advogado de fora da carreira, de livre nomeação do Executivo, a deputada estadual Vanda Monteiro (PSL) apresentou uma…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários