Os deputados estaduais Issam Saado (PV) e Vilmar de Oliveira (SD) irão retirar a assinatura de apoio à “PEC do Cabresto”, que pretende mudar a Constituição Estadual para que o procurador-geral do Estado e o da Assembleia Legislativa, sejam de livre nomeações dos chefes do Executivo e do Legislativo, respectivamente. Os artigos 51 e 56 do texto constitucional exigem que ambos sejam escolhidos…

Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários