Portaria apresentada à Justiça Estadual na noite de terça-feira, 24, abre investigação policial sobre a contratação e a prestação de serviços de cópias e impressões reprográficas entre o Estado do Tocantins e empresas do ramo gráfico. Segundo a portaria, o inquérito policial busca apurar eventuais crimes contra a administração pública e outros possíveis crimes conexos.

Assinada por…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários