O Sindicato de Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Tocantins (Sindessto), decidiu em assembleia geral nesta quinta-feira pelo retorno imediato dos atendimentos do Plansaude.
 
Desta forma, os prestadores apostam que a partir de agora seja feito o pagamento de todos os profissionais que realizam serviços para o plano. 
 
No início deste mês, os servidores decidiram pela suspensão devido aos atrasos constantes dos pagamentos aos profissionais, bem como as glosas de atendimentos feitas indiscriminadamente e sem nenhum parâmetro de oportunidade de recurso.