A Assembleia Legislativa quer recuperar uma bolada recolhida sobre pagamento de servidores como RAT (Riscos Ambientais do Trabalho) entre 2014 e 2019 que considera ter pago indevidamente, algo em torno de R$ 2, 3 milhões. A Casa aplica a alíquota de 2%, mas entende que pode aplicar só 1%.  Também quer levantar os valores pagos pela Casa ao regime próprio (RPPS), em torno de R$ 461,9…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários