É conhecida a obra do antropólogo francês Pierre Clastres, morto prematuramente em 1977 (nasceu em 1934), intitulada "A Sociedade contra o Estado", um estudo sobre índios da floresta amazônica e sua "recusa" da centralização política, daí a ideia de uma sociedade contra o Estado.

Faço hoje uma inversão do título de sua obra, como numa espécie de arroubo de licença poética. Falo de…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários