O governo e frigoríficos tem encontro agendado para amanhã sobre a queda de braço que tem empreendido há uma semana. Ainda que anunciada e comunicada aos empresários há cerca de dois meses, o setor revelou-se surpreendido com a publicação da portaria da Secretaria da Fazenda suspendendo os benefícios.

Uma reação só possível considerando-se a certeza de manutenção, por impulso…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários