Os políticos da base governista não veem a hora do Estado deslanchar. Reação direta do empuxo de empréstimos de R$ 726 milhões na bica de serem avalizados pela União. Dois empréstimos na Caixa (R$ 453 milhões + R$ 130 milhões) e outro no Banco do Brasil (R$ 143 milhões).

Daqueles R$ 453 milhões da Caixa, 91% destinados a lama asfáltica. Na divisão, R$ 141 milhões já direcionados por…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários