Luiz Armando Costa
 
Empregados coordenados por centrais de trabalhadores postavam-se ontem na sede do governo em São Paulo com cartazes e reproduzindo gritos contra os vetos de Jair Bolsonaro e em favor da manutenção da desoneração da folha de salários na indústria. O desatento poderia entender que as bandeiras vermelhas da CUT e CGT…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários