A confusão em que se meteu o governo na primeira semana sugere pelo menos duas explicações. Na primeira, o governo apostaria na bagunça administrativa e fiscal para contenção de demandas públicas e, com isto, diminuir o peso do desequilíbrio fiscal. Ou não teria o governo qualquer projeto ou planejamento por mínimo que fosse para implantar no Estado. Ainda estaria na retórica realimentando o…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários