Um projeto em tramitação na Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa do Estado dá bem ideia da confusão e do desequilíbrio no Legislativo. Não por parte de suas assessorias técnicas, mas por excesso de vontade política dos parlamentares (há as exceções) que atropelam as instituições sem enrubescer as faces. Estariam invisíveis com suas…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários