Na terça-feira, 3, o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) julgou, as contas do Partido Social Cristão (PSC), Partido Popular Socialista (PPS), PPS), Partido Ecológico Nacional (PEN) e do Partido Socialista Brasileiro (PSB), siglas que participaram das Eleições Suplementares para escolha de governador e vice-governador do Estado para o mandato tampão que vai até o dia 31 de dezembro. As informações são do TRE-TO

Conforme o TRE, as contas do PSC, PPS, PSB e PEN foram aprovadas por unanimidade pelos membros do pleno. Na ocasião, também foi julgada a prestação de contas do Partido da Mulher Brasileira (PMB), referente ao exercício financeiro de 2015. Todavia, as contas foram desaprovadas. 

 De acordo com o tribunal, o juiz federal, Adelmar Aires Pimenta, que é relator do processo, votou também pela suspensão das cotas partidárias por um período de dois meses. A decisão foi proferida por unanimidade pelos demais membro. 

Diplomação 

O desembargador Marco Villas Boas, presidente do TRE-TO, convidou os membros do pleno para a diplomação do candidato eleito a governador e vice-governador. O evento acontece na segunda-feira, 9, às 9 horas, no auditório do TRE-TO.