O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) manteve a cassação do mandato da prefeita de Pugmil, Maria de Jesus Ribeiro da Silva Mendes e do vice-prefeito, Elton Barros Coelho, por arrecadação e gastos ilícitos de recursos durante a campanha eleitoral de 2016. A relatora do processo, desembargadora Ângela Prudente, manteve ainda a decisão pela realização de n...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários