Uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), determinada na última quarta-feira, 24, suspendeu cautelarmente as investigações da Operação Ápia da Polícia Federal (PF) no Tocantins, deflagrada em outubro de 2016 com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que teria fraudado contratos da ordem de R$ 1,2 bilhão em licitações, celebrados para terraplanagem e...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários