Notícias

Sindicatos buscam nesta quinta-feira resposta sobre data-base

Representantes dos servidores estaduais irão cobrar posicionamento do Governo sobre o pagamento desses reajustes relacionados aos anos de de 2017 e 2018

Divulgação

Os representantes de sindicatos e associações dos servidores públicos estaduais devem se reunir nesta quinta-feira, 17, com o secretário da fazenda, Sandro Henrique, para cobrar o Governo sobre o pagamento das datas-bases de 2017 e 2018. “Ele disse que o governo já vinha fazendo estudo sobre essa questão do impacto e a forma de pagamento e nós solicitamos a implementação das duas datas-bases e o Governo ficou de analisar, junto à Casa Civil, Secretaria da Administração e Secretaria da Fazenda, para voltar a se reunir conosco e fazer a proposta deles”, afirmou.

O que os sindicatos querem é que os valores sejam implementados na folha de pagamento do mês de maio para que os servidores recebam a correção já na folha de pagamento de junho.

Na última terça-feira, 15, os sindicatos entregaram o ofício cobrando a implementação da data-base nas mãos do secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vidal. De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (Sisepe,) Cleiton Pinheiro, o secretário se comprometeu a apresentar a demanda ao governador interino Mauro Carlesse, o qual teria dito que o pagamento dos direitos em atraso dos servidores é uma prioridade da gestão.

O presidente ainda destacou que o gestor garantiu que um dos compromissos do governo interino era resolver o pagamento das datas-bases.

A data base dos anos de 2017 e 2018 deve gerar uma despesa de R$ 240 milhões ao Palácio Araguaia.

Pinheiro ainda falou que o retroativo das outras datas-bases, em relação aos anos de 2016 e 2015, não estariam na negociação da reunião de hoje.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ