Notícias

Recurso contra cassação de Marcelo e Claudia entra na pauta do TSE nesta quinta

Ministro Gilmar Mendes deferiu na última sexta-feira, 6, liminar que garante a permanência de Marcelo e Claudia Lelis nos cargos até a publicação do acórdão do julgamento dos embargos

Lia Mara

Depois da manifestação do Ministério Público e de coligação do ex-governador Sandoval, todos contra recursos, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, colocou na pauta da sessão do Pleno da próxima quinta-feira, 12, os embargos de declaração - recursos - apresentados pelo governador Marcelo Miranda (MDB) e pela sua vice, Claudia Lelis (PV), contra a cassação dos seus mandatos, que ocorreu no último dia 22.

Na tarde de desta terça-feira, 10, a coligação “A mudança que a gente vê” do ex-governador e candidato à reeleição Sandoval Cardoso em 2014, apresentou as contrarrazões contra os embargos de declaração de Marcelo e Claudia, adiantando a possibilidade julgamento, pois tinham prazo até hoje.  

Thiago Boverio, um dos advogados de Marcelo e Claudia, falou, sobre a posição da Procuradoria Geral Eleitoral, que é de praxe o Ministério Público Eleitoral manifestar que a defesa quer um rejulgamento ao questionar pontos do acórdão. “O que fizemos nos embargos foi pedir esclarecimentos de omissões e de contradições, que existem e esperamos que sejam sanados e possa reverter a cassação”, explicou.

Retorno

Marcelo e Claudia voltaram ao comando do Palácio Araguaia na noite da última sexta-feira, 6, ao conseguir uma liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes garantindo a permanência nos cargos até a publicação do acórdão do julgamento dos embargos.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ