Atualizada às 21h40. Após reclamações de comerciantes por transtornos, quedas nas vendas, redução na faixa de tráfego que inviabiliza a passagem de automóveis, viaturas das Polícias Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), dificultando eventuais ações de socorro, além de um abaixo-assinado com 120 nomes, o Ministério ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários