O pré-candidato ao governo do Estado Márlon Reis (REDE) avaliou que a decisão liminar concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes provocará consequências terríveis para a administração pública do Estado. “O governo do Tocantins já vive um colapso administrativo. O Estado passa por uma crise econômica e moral sem precedentes. O retorno de u...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários