Notícias

Temer volta a dizer que nomeação de ministros é prerrogativa do presidente

Temer disse ainda que fará em abril, por conta da saída de ministros que vão concorrer às eleições de outubro, uma reforma ministerial que deve priorizar um perfil mais técnico

Em entrevista concedida à Rádio Jornal de Pernambuco, o presidente Michel Temer voltou a falar do caso da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), que está com a posse para o ministério do Trabalho suspensa, e afirmou que confia que a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lucia, "como uma constitucionalista" dará a melhor solução ao caso.

"Sou obediente à Justiça, mas quem nomeia é o presidente", argumentou Temer, defendendo que na Constituição essa é uma prerrogativa privativa do presidente. Temer disse ainda que fará em abril, por conta da saída de ministros que vão concorrer às eleições de outubro, uma reforma ministerial que deve priorizar um perfil mais técnico.

Recursos

Temer vai a Cabrobó (PE) nesta sexta-feira, 2, para Cerimônia de Inauguração da 2ª Estação de Bombeamento do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

Falando sobre trecho da obra que irá inaugurar nesta manhã, o presidente disse que não faltaram e não faltarão recursos para Pernambuco e que seu governo aumentou em 40% os repasses para adutoras do Rio São Francisco. "Acho que muito proximamente estaremos inaugurando (o projeto de integração do São Francisco) em definitivo", disse, ressaltando que o objetivo é que ao longo do tempo a água alcance todo o Nordeste.

No início da entrevista, ao dizer que trabalha cerca de 17, 18 horas por dia, o presidente disse que cuidar do País ajuda na sua saúde. "No dia que não tenho o que fazer começa a me dar dor de cabeça", afirmou.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ