Notícias

PF busca provas de fraudes na Norte-Sul

Ação cumpre 44 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de condução coercitiva em 9 Estados

Diomício Gomes

Uma operação conjunta entre o Núcleo de Combate à Corrupção do Ministério Público Federal em Goiás (MPF), a Superintendência de Polícia Federal em Goiás (PF) e pela Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) cumpre 44 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de condução coercitiva em Goiás e em mais 8 Estados.

As diligências estão sendo realizadas nesta manhã em Goiás, Rio de Janeiro, São Paulo, Distrito Federal, Minas Gerais, Ceará, Paraná, Bahia e Espírito Santo.

A operação, que é um desdobramento das investigações da Operação Lava Jato e nova etapa da Operação “O Recebedor”, busca recolher provas adicionais do envolvimento de empreiteiras e de seus executivos na prática de cartel, fraude em licitações e pagamentos de propina a ex-diretores da Valec, relacionados aos contratos de construção das ferrovias Norte-Sul e Integração Leste-Oeste, revelados pela Camargo Corrêa.

Os investigadores buscam, ainda, fortalecer o acervo probatório de investigações criminais encerradas ou em curso na PF/GO, assim como em ações penais já proposta ou a serem movidas pelo MPF/GO, que tratam da prática de sobrepreço, superfaturamento, corrupção, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ