Conforme divulgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), as delações dos executivos e ex-executivos da Odebrecht trazem relatos de pagamentos de vantagens a políticos tocantinenses, todos tendo como destino as campanhas eleitorais. No total, 14 pessoas relacionadas ao Estado foram citadas, mas houve abertura de inquérito contra a senadora Kátia Abreu (PMDB) e seu esposo Mo...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários