Após o Conselho Nacional dos Ministérios Públicos (CNMP) determinar que o Ministério Público Estadual do Tocantins (MPE) pague as verbas de representação, cumulação de cargo ou função e de magistério como remuneração e não indenização, o órgão reafirmou em nota que cumprirá a decisão do conselho a partir de setembro. Diferentemente do que foi informado no último dia 2...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários