Notícias

'Ela não vai querer', diz Temer sobre opinião da mulher quanto a sua candidatura em 2018

Presidente da República afirma em entrevista que Marcela Temer quer "sossego" e "paz", e que atuação política nos últimos anos o afastou da família

Reprodução/Twitter
Marcela Temer e Michel Temer

O presidente da República Michel Temer (PMDB) afirmou em entrevista à Radio Bandeirantes na última sexta-feira (22) que a primeira-dama Marcela Temer não quer sua presença entre os candidatos ao cargo máximo do Executivo brasileiro em 2018.

"Ela quer sossego, quer paz... Se eu perguntar para ela, ela não vai querer", disse o peemedebista sobre a opinião da mulher com relação ao seu futuro político. Michel e Marcela são casados desde 2003 e têm dois filhos com a primeira-dama - Temer ainda tem outros quatro herdeiros de outros relacionamentos.

Ainda de acordo com o presidente, sua atuação como político nas últimas décadas diminuiu seu convívio com a família. "Sempre tive uma vida necessariamente regrada, fiscalizada e cercada. Eu não posso ir a um shopping, a uma livraria, que são locais nos quais você precisa de tranquilidade e descontração", contou.

Quanto às cobranças em casa, Temer, hoje com 77 anos, disse que Marcela, de 34, e os filhos não reclamam quanto ao seu trabalho, mas sim sobre às consequências dele. "Enfrentei uma luta que não foi política, mas de natureza pessoal. E isso foi o que mais me agrediu", relembrou o presidente sobre o período das denúncias das quais foi alvo no escândalo envolvendo o grupo JBS. Ele finalizou a entrevista revelando que a família ficou angustiada à época. "Todos eles me deram muito amparo, muita força. Mas, na intimidade, sofreram muito, seguramente".

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ