Notícias

Deputados autorizam empréstimos para o Executivo

Obra de ponte sobre o rio Tocantins, em Porto Nacional, é uma das obras contempladas. Parte de recursos previstos para outras obras de infraestrutura é remanejada

Aline Sêne
Deputados discutem projetos de lei que viabilizam empréstimos pelo Executivo para obras

O pedido de autorização de empréstimo de R$ 453 milhões do Executivo Estadual foi aprovado nesta terça-feira, 13. Porém, da proposta inicial, mais de R$ 180 milhões ganharam um novo destino porque foi decidida a retirada de recurso previsto para a duplicação do rodovia TO-222, em Araguaína, Norte do Estado, que tinha valor previsto de R$ 86 milhões e passou a ser R$ 41 milhões. R$ 180 milhões foram redistribuídos aos 139 municípios, seguindo o modelo da emenda parlamentar, para obras de infraestrutura urbana.

O deputado Paulo Mourão (PT), contrário ao empréstimo desde o início, usou a tribuna para afirmar que a operação de crédito com a Caixa prevê juros muito altos e que o Estado não tem liquidez para comprometer ainda mais sua receita com serviços da dívida.

A Assembleia Legislativa também aprovou a autorização ao governo  para contrair R$ 130 milhões com a Caixa para a construção da ponte sobre o rio Tocantins, para ligação dos municípios de Porto Nacional e Fátima. A obra, que foi licitada em 2015, tem como empresa vencedora a Rivoli, com um custo estimado na época R$ 101,3 milhões, que prevê infraestruturas, terraplanagem e pavimentação, com extensão de 1.488 metros.

Lia Mara
Deputado Paulo Mourão lembrou pontos contrários à admissão de contrato financeiro de empréstimo
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ