O secretário frisa que os gastos com pessoal e o déficit atuarial são problemas que o governo estadual precisa enfrentar. Com destaque para a folha com um custo tão elevado, Paulo Antenor argumenta que não é possível manter as contas em dia e fazer os investimentos necessários. Ele também comenta sobre os duodécimos de 2017 aos outros poderes e os desafios do Tocantin...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários