Os vereadores Adael Oliveira (PSDB) e Jean Carlos (PV) e os ex-vereadores Geylson Gomes (MDB) e Helmar Tavares (PSC) investigados pela Operação Poker Face, da Polícia Civil, como suspeitos de participar de fraudes em licitação na Câmara de Porto Nacional pediram na Justiça a liberação dos celulares apreendidos na operação em dezembro. 

O delegado Ricardo Francisco Real de…

Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários