Após quase 10 dias da deflagração da Operação Nosotros, o prefeito de Palmas, Carlos Amastha, publicou novamente em uma rede social que se sente consternado com a ação. A operação da Polícia Federal (PF) foi à casa do gestor com um mandado de busca e apreensão, mas Amastha não estava na Capital, ele havia viajado para um encontro de prefeitos em Barcelona, Espanha....
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários