Notícias

Alexandre de Moraes é sabatinado 'informalmente' em barco de senador goiano

Encontro entre o ministro licenciado Alexandre de Moraes, indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF), com alguns senadores aconteceu durante um jantar na casa flutuante de Wilder Morais (PP-GO)

Valter Campanato/Agência Brasil
Presidente Michel Temer e o ministro licenciado Alexandre de Moraes

Depois de iniciar a rotina de visitas no Senado antes de sabatina, o indicado para o STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre de Moraes esteve na noite dessa terça-feira (7), em Brasília, em um encontro considerado 'informal' no barco do senador goiano Wilder Morais (PP-GO) com a presença de outros sete senadores. Segundo matéria publicada pelo Estadão, os parlamentares queriam saber quais são os posicionamentos e opiniões de Moraes a Operação Lava Jato, a legalização de drogas, prisão em segunda instância e as acusações de envolvimento com o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Conforme foi antecipado pela Coluna do Estadão, o encontro ocorreu na chalana Champagne, embarcação de Wilder. Moraes estava acompanhado de Sandro Mabel, assessor especial do presidente Michel Temer. Também participaram do jantar os senadores Benedito de Lira (PP-AL), Cidinho Santos (PR-MT), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Ivo Cassol (PP-RO), José Medeiros (PSD-MT), Sérgio Petecão (PSD-AC) e Zezé Perrella (PMDB-MG). 

O indicado ao STF não quis falar de assuntos relacionados à Lava Jato, justificando que, caso se torne ministro do Supremo, será o revisor dos processos na Corte, mas se mostrou a favor da prisão em segunda instância, que permite que réus possam ser presos mesmo que ainda tenham recursos pendentes na Justiça e contrário à legalização das drogas. Sobre o PCC, o ministro afastado disse ocorreu um equívoco com base em uma reportagem publicada pelo próprio Estadão.

Até o time de futebol Alexandre de Moraes foi abordado pelos senadores. Corintiano, alguns parlamentares brincaram falando "que ele não poderia participar do STF, porque não tinha uma das características básicas par se tornar ministro que é a de ter conduta ilibada".

Moraes afirmou que vai continuar a percorrer os corredores da Casa na próxima semana e que responderá todas as perguntas durante a sabatina.

Com as datas apertadas devido ao Carnaval, a sabatina e posterior votação da indicação de Alexandre de Moraes à vaga de Teori Zavascki ao STF deve ocorrer somente no início de março.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ