O presidente da Assembleia Legislativa, Mauro Carlesse (PHS), foi denunciado pelo Ministério Público Eleitoral por crime de falsidade ideológica para fins eleitorais em 2012, quando disputou o cargo de prefeito de Gurupi. Carlesse e mais cinco pessoas são acusadas de doação simulada praticada pela empresa Tocantins Indústria e Comércio de Tintas e Regivaldo Rodrigues A...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários