A Polícia Federal concluiu o inquérito da Operação Convergência, que investiga pagamentos indevidos em obras de infraestrutura no Estado do Tocantins, e, segundo a TV Anhanguera/Rede Globo, seis pessoas foram indiciadas por peculato, que se trata de um crime onde um funcionário público ganha alguma vantagem indevida. Os indiciados foram: o ex-governador Marcelo Mirand...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários