Pai da ficha limpa, o ex-juiz e candidato derrotado ao governo do Tocantins na Eleição Suplementar e nas Eleições Gerais, Márlon Reis (Rede) deve encarar hoje, às 9h20 a primeira audiência de conciliação no processo judicial em que a empresa E.C.V. de Alencar cobra dele o pagamento de R$ 610.152,98 de dívida decorrentes da campanha eleitoral encerrada em outubro. A...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários