Um homem foi denunciado à Justiça pelo Ministério Público Estadual (MPE-TO) sob suspeita de jogar santinhos de governadoriável em frente a uma escola na zona rural de Peixe, a 302 km da Capital. O caso aconteceu no primeiro turno da Eleição Suplementar para governador do Tocantins, em 3 de junho. Durante o inquérito do MPE-TO, testemunhas disseram que o homem teria ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários