Em nota, a Secretaria da Comunicação afirma que o Estado “se mostrou solícito em fornecer documentos e informações” requisitados pela Justiça Eleitoral numa demonstração de “transparência nos seus atos de gestão”.O órgão reforça que o governo está à disposição para prestar esclarecimentos que forem necessários para demonstrar a lisura e a integridade dos atos praticado...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários