Notícias

Sogro mata genro que arrastava sua filha pelos cabelos e ameaçava assassiná-la

Pai chegou no momento em que o homem arrastava sua filha com seu neto recém-nascido no colo, ameaçando matá-la com uma foice

Shutterstok

Um sogro matou o próprio genro após ele agredir e ameaçar sua filha. O caso ocorreu na cidade de São Sebastião do Maranhão, em Minas Gerais, neste domingo (29). De acordo com o Jornal do Estado de Minas, Rodrigo Pio Simin, de 31 anos, foi assassinado pelo pai de sua mulher que o flagrou arrastando a companheira pelo cabelo e ameaçando matá-la com uma foice. No momento da agressão, a mulher ainda estava com um filho recém-nascido no colo.

Segundo a Polícia Militar, a agressão foi tão intensa que parte do couro cabeludo da garota foi arrancada. O pai viu a violência e foi defender a filha, momento em que Rodrigo o acertou com um golpe de foice na cabeça. O sogro, então, caiu no chão e levou vários chutes.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, neste momento a mulher colocou o bebê no chão e empurrou o homem que agredia seu pai. O sogro, então, se levantou, pegou um pedaço de madeira e deu vários golpes na cabeça de Rodrigo, que morreu no local, informou o Jornal do Estado de Minas.

Aos policiais, a mulher contou que o companheiro era usuário de drogas desde 16 anos. O pai dela não foi preso, pois o caso é apontado como legítima defesa — mas a polícia informou que tal tese será investigada. 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ