Notícias

Rajada de vento derrubou aeronave do México, dizem autoridades

Segundo o governador do Estado, José Aispuro, uma rajada de vento se chocou contra o voo AM2431, com destino à Cidade do México

Defesa Civil de Durango
12 pessoas se feriram gravemente

Passageiros e autoridades afirmaram que uma forte rajada de vento atingiu o avião da Aeromexico momentos antes da queda, em Durango, na terça-feira 31. Segundo o governador do Estado, José Aispuro, uma rajada de vento se chocou contra o voo AM2431, com destino à Cidade do México, ainda durante a decolagem.

A aeronave levantou voo durante uma chuva de granizo e fez um pouso forçado em um campo próximo. Segundo passageiros, o avião fez um movimento anormal e então o acidente aconteceu, deixando poucos minutos para que as pessoas a bordo saíssem.

Os ocupantes relataram ter ouvido um barulho alto quando a asa esquerda da aeronave bateu no chão e ambos os motores se soltaram, e então as saídas de emergência foram ativadas. Todos os 99 passageiros e quatro tripulantes conseguiram sair a tempo, mas o piloto ficou gravemente ferido.

"Foi muito, muito feio", disse Lorenzo Nunez, passageiro que estava a bordo com seus dois filhos e a mulher. "Ele (o avião) queimou em questão de segundos." Os sobreviventes relataram que a aeronave explodiu e ficou em chamas logo após atingir o solo.

Cerca de 49 pessoas foram hospitalizadas com ferimentos decorrentes do acidente. Alguns tiveram queimaduras em 25% de seus corpos, informou o porta-voz do Ministério da Saúde de Durango, Fernando Ros.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ