Notícias

Criança de 2 anos morre baleada enquanto brincava dentro de uma lanchonete

"Minha filha estava brincando no parquinho e o tiro que o vagabundo deu atingiu minha filha", disse, chorando, o pai da menina

Reprodução

Uma criança de dois anos e meio morreu vítima de bala perdida, na noite deste sábado (22), dentro de uma lanchonete, em Irajá, zona norte do Rio.
De acordo com a PM, Sofia Lara Braga brincava num espaço infantil do Habib's quando policiais e suspeitos trocaram tiros no local. Atingida na cabeça, ela foi levada para o Hospital Getúlio Vargas, mas chegou ao local já morta.

A perseguição começou por volta das 22h quando Thiago Rodrigues dos Santos fugiu ao receber ordem de parada dos agentes da PM. Ele acabou preso após o tiroteio, ao capotar com o seu veículo.

O pai de Sofia, um policial militar, gravou um áudio para colegas relatando de forma emocionada o caso, segundo o site do jornal "Extra".

"Amigos do 16º, foi minha filha, foi minha filha. Foi uma perseguição vinda da (comunidade) Para-Pedro. Minha filha estava brincando no parquinho do Habib's de Irajá, e o tiro que o vagabundo deu atingiu minha filha. Ela não resistiu", disse, chorando.

De acordo com informações do comando do 41º BPM (Irajá), policiais foram acionados para avenida Automóvel Clube, para verificar um suposto roubo de veículo naquela área.

Eles realizaram um cerco no local, de onde Santos tentou fugir, segundo o relato da polícia. A PM afirma que apreendeu uma pistola no carro.
A corporação não comentou sobre como foram feitos os disparos.

Reprodução / Google Maps
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ